Museu Casa do Sertão e o Centro de Memória dos Povos Indígenas do Nordeste celebram o Mês da Criança

O Museu Casa do Sertão e o Centro de Memória dos Povos Indígenas do Nordeste, entidades da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), promovem a Exposição Virtual "Memórias, Brinquedos e Brincadeiras Indígenas", recente produção colaborativa para celebração ao mês da criança.    

A mostra propõe um passeio pelos diferentes territórios das nações Tumbalalá/BA, Atikum/PE, Truká/PE, Tuxá/BA e Pankararu/BA; percorre as diferentes expressões do lúdico, reunidas em registros audiovisuais coletados pelos estudantes indígenas da UEFS, via celular. 

Com o projeto, inicia-se o processo de inventário participativo imaterial sobre o ato de brincar nas comunidades, revelando, assim, um rico acervo audiovisual, composto por relatos e histórias de vida, visões inter-geracionais e ritmos, num vigoroso panorama reflexivo sobre a produção cultural indígena e seus potenciais intercâmbios para a valorização das diferentes expressões patrimoniais.

O objetivo é pensar "o tempo de brincar" enquanto dispositivo de memória, destacando nessas riquíssimas práticas cotidianas, aspectos tão ricos e fundamentais à formação humana como a criatividade e a interação, visto que "é brincando que se apreende e esboça valores entre pessoas e o ambiente".


Redação | ASCOM


Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial