Dj Lerry lança segunda edição do projeto 'Fêrabeat Remix'


A segunda edição do projeto “Fêrabeat Remix”, idealizada pelo produtor musical e multinstrumentista Lerry, ganha corpo e forma, através da antologia de remixes de canções que atravessam a paisagem sonora e territorial de Feira de Santana/BA. 

O cruzamento de vozes e letras sintonizadas com o mundo contemporâneo expõem o encontro da música eletrônica com a sensibilidade de compositores da cidade. O álbum, que tem a participação do artista Ras Elias, soteropolitano radicado em Cruz das Almas, também consegue ecoar a ancestralidade do Recôncavo Baiano, em uma faixa inédita, intitulada “Samba Caboclo”.

No Fêrabeat Remix Vol. II, Lerry, que é responsável pela curadoria e direção musical, deixa sua marca. Muita inventividade orgânica e experimentalismos eletrônicos, em uma mixagem que ele chama de “cri-ativa” e aciona as frequências em ritmo do êxtase proporcionado pela música de sua região. 

Segundo Lerry, o Remix é uma coletânea de artistas em clima de festa, como forma de celebrar a vida e resistir, mesmo em tempos difíceis.


A obra remixa as vibrações da atualidade e apresenta uma mistura de artistas como Rachel Reis e Chico Correa, abrindo a seleta com “Ventilador”; Tonho Dionorina em “Porrada de Polícia”, com participação do juazeirense DJ Werson e da primeira produtora e beatmaker trans feirense, Bruna Vicci, abrindo caminho para a representatividade; seguida por Criolafro (A vez das Minas) com Larápio, em “Pretas no Topo”. Além do já mencionado “Samba Caboclo” de Ras Elias, que conta com a percussividade, também recôncava, de Guajajara; Don Maths e Lord Breu selam a playlist, interpretando “Cai na Pista”. Todas as faixas contam com direção e produção musical de Lerry e masterização de Iggor Doriguetto e Paulo Victor Aragão.

O projeto tem apoio financeiro do Estado da Bahia, através da Secretaria de Cultura e da Fundação Cultural do Estado da Bahia – FUNCEB, via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal. 

Já disponível nas plataformas Youtube, Soundcloud e Bandcamp, o álbum tem a arte de capa assinada por Don Guto e motion visualizer do cearense Gabriel Melo.


Redação | Elsimar Pondé




Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial