Ibori Studio e o Maloca Rec realizam um Laboratório Musical Virtual

 

A partir da parceria entre o Ibori Studio e o Maloca Rec, o projeto produziu um material pedagógico de introdução no âmbito da produção de música digital de forma independente no contexto da Cultura Hip-Hop. São 4 vídeo-aulas ministradas por lideranças e pesquisadores da cena Hip-Hop do Recôncavo Sul da Bahia que serão disponibilizadas de forma gratuita no canal do Youtube do Ibori Studio.

O projeto busca alcançar um universo de jovens artistas locais, mais especificamente das periferias do território do Recôncavo Sul da Bahia, que tem movimentado suas quebradas através da Cultura Hip Hop. Jovens que entre o estudo e/ou o trabalho encontram principalmente no Rap uma forma de se expressar e transformar sua própria realidade. A ideia é que futuramente estes produtos sejam integrados como material de apoio para um processo de formação mais extenso, coordenado pelo Ibori Studio no formato de um laboratório musical.

Sendo assim, foi realizado uma série de 5 vídeos, mesclando momentos expositivos com imagens de acervo de atividades comunitárias, registradas pelo Ibori Studio e pelo Maloca Rec para montar vídeo-aulas dinâmicas que apontam caminhos para a produção musical digital independente em áreas periféricas.

Sobre o IBORI STUDIO E o MALOCA REC:

O Ibori Studio surge em 2015 a partir da articulação entre uma rede de jovens artistas e produtores da cena underground do Recôncavo Baiano que se encontram em meio às ações comunitárias do Cine do Povo nas periferias de Cachoeira-BA e formam o grupo de rap Us Pior da Turma. Com o tempo, alguns estudantes de audiovisual, cineclubistas e militantes comunitários se juntam ao grupo, ampliando a estrutura organizativa e casting artístico do grupo. A proposta do Studio é produzir, a partir de uma perspectiva underground experimental, EPs, Mix Tapes, Singles, clipes e shows de artistas do rap nacional, especialmente, mas não somente, trabalhos de artistas do interior da Bahia, buscando promover formação política e cultural para a juventude, bem como instigar o seu protagonismo, incentivando-os a se apropriarem dos elementos da cultura Hip Hop como uma ferramenta educacional de enfrentamento ao racismo e discriminação da sociedade brasileira.

O Maloca Records surge também em 2015 a partir da necessidade de produzir, registrar e  administrar os trabalhos do Coletivo Quinta Esquina em Santo Antônio de Jesus no Recôncavo Baiano. Seguindo o modelo Home Studio e com poucos recursos o espaço tem sido de fundamental importância para o desenvolvimento da cena musical underground na cidade e região. Promove um intercâmbio cultural e artístico entre personagens importantes para o cenário regional e até nacional a partir de encontros, eventos, oficinas, produções audiovisuais e projetos de arte-educação, sempre buscando a parcerias com pequenas marcas, coletivos, escolas, centros comunitários na construção de ações comunitárias de fomento à Cultura Hip Hop e seus elementos.

Acompanhe os lançamentos no canal do Youtube do Ibori Studio:

https://www.youtube.com/channel/UCY8RszVxz4IbuFMjP_cQ0oA

Acompanhe as redes sociais do Ibori Studio:

https://www.facebook.com/Ibori-Studio-207952213079563/

https://www.instagram.com/iboristudio/

Cronograma:

06/04 - Apresentação do Projeto

10/04 - Lançamento do EP 01

15/04 - Lançamento do EP 02

20/04 - Lançamento do EP 03

25/04 - Lançamento do EP 04

O projeto tem apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura e da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal.


Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial