Associação dos Artesãos de Feira de Santana lança site com e-commerce

O site aafs.com.br da Associação dos Artesãos de Feira de Santana (AAFS) foi ao ar neste mês de março, com espaços para compras de produtos confeccionados por artesãos e artesãs de Feira de Santana. A plataforma online faz parte do projeto “Saberes e fazeres dos artesãos do Centro de Abastecimento de Feira de Santana”, uma iniciativa selecionada pelo edital que prevê ações de Salvaguarda para o patrimônio cultural imaterial registrado e/ou em processo de patrimonialização pelo IPAC (Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia), com recurso oriundo da lei Aldir Blanc.

Produtos em cerâmica, couro, madeira e sisal são algumas das opções que podemos conferir na página e-commerce da AAFS. São mais de dez categorias e mais de 100 produtos já disponíveis, com entrega para todo o Brasil. Além dos produtos, o site contém informações sobre a história da Associação e sobre o projeto “Saberes e fazeres dos artesãos do Centro de Abastecimento de Feira de Santana” que possibilitou realizar diversas ações em prol destes/as profissionais.

O projeto foi lançado oficialmente em 18 de fevereiro deste ano, mas as atividades tiveram início desde janeiro. Diversas oficinas sobre artesanatos, atividades educativas direcionadas para os próprios artesãos e artesãs, criação de redes sociais e atualização das mesmas foram algumas das ações já realizadas. Ao final, o projeto prevê o lançamento de um vídeo documentário sobre a história e o atual momento destes/as profissionais.

O projeto “Saberes e fazeres dos artesãos do Centro de Abastecimento de Feira de Santana” possui o apoio financeiro do Estado da Bahia, através da Secretaria de Cultura e IPAC, via lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal.

Sobre o projeto

O projeto “Saberes e Fazeres dos Artesãos do Centro de Abastecimento de Feira de Santana” foi aprovado pelo Edital de Chamamento Público nº. 001/2020 Finalidade da Seleção: Seleção de Organizações da Sociedade Civil – OSCs interessadas em celebrar Termos de Fomento, cujo objeto consiste na execução de ações de Salvaguarda para o patrimônio cultural imaterial registrado e/ou em processo de patrimonialização pelo IPAC. Recurso proveniente da Lei Aldir Blanc, com o objetivo geral de preservação, salvaguarda, valorização, pesquisa, inventário, difusão, dinamização e estudos de normatização de patrimônio cultural imaterial registrado e/ou em processo de patrimonialização pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (IPAC), especificamente do patrimônio Processo nº 06071 60017 246/16 “Centro de Abastecimento”. O projeto possui o apoio financeiro do Estado da Bahia, através da Secretaria de Cultura e do IPAC, via lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal.


Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial