Mostra da Diversidade dedica programação ao Dia da Mulher

 


A 3ª Mostra da Diversidade Cultural: Imagens da Cultura Popular de Feira de Santana dedica a abertura do evento ao Dia Internacional da Mulher, em especial às mulheres feirenses. O evento ocorrerá entre os dias 08 e 13 de março, sempre a partir das 19h, através do youtube.com/Favela É Isso Aí. Será uma semana de atividades culturais, com a apresentação de mais de 40 projetos contemplados com o Prêmio Cultura e Desenvolvimento Local de Feira de Santana, edital emergencial 2020.  

No dia 08 a Mostra trará programação dedicada às mulheres feirenses, com o grupo Cordel de Teatro, em sua homenagem a Maria Quitéria; Marilene Brito, com suas famosas bonecas terapêuticas e ecológicas; os projetos Dança de Preta e Empodera Makeups e a Lutier Sarah Fadigas. Estes projetos fazem parte dos 46 nomes contemplados em 2020 e que serão apresentados durante a Mostra virtual. Acompanhe a programação completa através das redes sociais, @premioculturafsa no instagram e no facebook.

De acordo com Tamylla Rosa, responsável pela comunicação da Belgo Bekaert Feira de Santana, dedicar um dia da programação é uma forma homenagear e destacar o trabalho das mulheres feirenses. “Feira de Santana é uma cidade muito rica culturalmente e grande parte desse riqueza é proporcionada pelo trabalho de muitas mulheres artistas, empreendedoras e produtoras culturais, dentre outras profissionais que elevam o nome deste município. Nada mais justo que essa homenagem, dentro de um evento que exalta a cultura feirense”, justificou.


OUÇA AQUI A MÚSICA COMPOSTA PARA A MOSTRA

https://www.youtube.com/watch?v=5WOdXBfLue4


Sobre a Mostra

A 3ª edição da Mostra da Diversidade Cultural: Imagens da Cultura popular ganhou um novo formado em função da pandemia do Coronavírus, passando a ser apresentada virtualmente. Em sua primeira etapa, os projetos premiados divulgaram o resultado de suas ações através do canal do YouTube do Favela é Isso Aí e/ou através do site www.favelaeissoai.com.br. Foram realizadas também publicações de livros, revistas ou catálogos virtuais.

Até o início de fevereiro de 2021 haviam sido lançados 65 vídeos, seis livros digitais e dois sites sobre o patrimônio e a cultura feirense, tudo com os recursos do Prêmio. A segunda etapa, que estava programada para acontecer de forma presencial, também acontecerá de modo virtual, em função das medidas sanitárias de prevenção à Covid-19. Assim, será realizado um espetáculo coletivo, com todos os grupos premiados, com uma semana de atividades.

A Mostra é realizada pela ONG Favela É Isso Aí e patrocinada pela Belgo Bekaert Arames, através de Lei Federal de Incentivo à Cultura e Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal, Pátria Amada Brasil, e faz parte do programa Belgo Bekaert Forma e Transforma que busca promover ações de pesquisa, registro e difusão do patrimônio imaterial em Feira de Santana, desde 2016.


Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial