Sambaiana lança primeiro single dia 2 de fevereiro

Um grupo de mulheres, musicistas, amigas e apaixonadas pelo estilo musical mais brasileiro de todos: o samba. Assim é a Sambaiana, um coletivo feminino de samba que surgiu em Salvador (BA) e tem a presença de Marília Sodré (violão e voz), Ju Moraes (voz e pandeiro), Grace Kelly (voz e pandeiro), Rayra (voz e cavaco), Marcinha BB (marcação e TanTan) e Lalá Evangelista (caixa e conga). A primeira música, Groove Arrastado, chega às plataformas de streaming no dia 2 de fevereiro, com a “pegada” do swing e jeito baiano. A faixa e o álbum saem com o selo da Colaboraê.

Até abril, a Sambaiana vai lançar mais dois singles e um álbum, com oito faixas, sendo sete inéditas e uma regravação. O coletivo feminino surgiu em dezembro de 2019 e durante o verão de 2020 realizou apresentações quinzenais, sempre aos domingos, reunindo público em uma verdadeira roda de samba. “Para a Sambaiana, o Samba é um ato de resistência e a mulher não pode ficar restrita aos vocais, comandando toda a cadeia da música”, diz Marília Sodré.

Até lá, segue o projeto nas redes sociais: @sambaiana | @colaborae

O projeto tem apoio financeiro do Estado da Bahia através da secretaria de Cultura e da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal.


Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial