Projeto Delas promove formações e oficinas para mulheres do Vale do São Francisco

Começam nesta quarta-feira (06) as inscrições para as formações e oficinas do Projeto DELAS. A proposta irá ofertar formação para mulheres que tenham interesse em trabalhar na produção cultural e artistas da região. Serão ofertadas 15 vagas para as formações, prioritariamente para mulheres negras e que ainda não tenham formação e experiência na área da região do Vale do São Francisco, na Bahia. As facilitadoras das formações serão mulheres, em suas maiorias negras, atuantes na cultura da região e que trabalham com a perspectiva do empoderamento negro e feminino.  



As participantes selecionadas terão acesso a todas as formações, com o objetivo de oferecer uma formação multidisciplinar e proporcionar o diálogo entre as linguagens artísticas. As formações e oficinas serão nas seguintes temáticas: produção cultural e de eventos, fotografia, audiovisual, música, concepção de show, marketing digital e assessoria de imagem. O projeto tem apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura e do Centro de Culturas Populares e Identitárias (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal.


A proposta do projeto DELAS é incentivar e fomentar a participação de mulheres na cena cultural do Vale do São Francisco, tanto enquanto artistas, como produtoras culturaiscom o olhar voltado para a cultura. O projeto também se destina às mulheres artistas, que compõem, tocam e/ou cantam, mas que ainda não se sentem preparadas para o mercado e/ou que não possuem acesso a coletivos e produtoras que possam auxiliar na gestão de suas carreiras. A ideia é potencializar “novos talentos” femininos, sempre com a perspectiva de empoderamento feminino e profissionalização de seus trabalhos.  


As inscrições permanecem abertas até 18 de janeiro, através do formulário online: forms.gle/SeoiE3GMmAqu4ahe6

Programa Aldir Blanc Bahia – Criado para a efetivação das ações emergenciais de apoio ao setor cultural, o Programa Aldir Blanc Bahia (PABB) visa cumprir os incisos I e III da Lei Aldir Blanc (Lei Federal nº 14.017, de 29 de junho de 2020) e suas regulamentações federal e estadual. As ações são, a transferência da renda emergencial para os trabalhadores e trabalhadoras da cultura, e a realização de chamadas públicas e concessão de prêmios. O PABB tem execução pelo Governo do Estado, através da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia, geridas por meio da Superintendência de Desenvolvimento Territorial da Cultura e do Centro de Culturas Populares e Identitárias; e as suas unidades vinculadas: Fundação Cultural do Estado da Bahia, Fundação Pedro Calmon, Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial