SecultBA convoca trabalhadores da cultura para atualizarem dados cadastrais e receberem recursos da Lei Aldir Blanc



Os trabalhadores da Cultura que estão aptos a receber a renda emergencial da Lei Aldir Blanc mas não conseguiram ser contactados pela Secretaria da Cultura do Estado (Secult) estão sendo convocados para atualizarem seus dados cadastrais. Quem foi avaliado como apto deve verificar a caixa de entrada, de Spam ou lixo eletrônico do seu provedor em busca do email de aptidão para o recebimento. Se ainda assim não receberem o comunicado, os  trabalhadores aptos pela lei devem encaminhar nome completo, CPF e telefone para o endereço:  dadoscadastraisrenda.lab@cultura.ba.gov.br. A lista completa dos 780 trabalhadores aptos que não cadastraram os dados bancários pode ser acessada AQUI.


Os e-mails de aptidão foram disparados em lote, pela Secult, para os endereços eletrônicos cadastrados pelos trabalhadores aptos, com informações sobre preenchimento dos dados bancários para crédito da renda emergencial. Segundo a assessora especial da Secult, Jaqueline Vasconcelos, informa que, na quarta-feira (24), a secretaria fez um trabalho de busca ativa desses trabalhadores aptos que não cadastraram ou que cadastraram incorretamente seus dados para o recebimento.

“Muitos trabalhadores não atenderam a chamada, os que atenderam tiveram dúvida se seria um telefonema da secretaria ou não. Então é importante que o trabalhador não apenas acesse a informação de que ele está apto, é preciso que ele nos forneça um email válido, para que esse email de aptidão chegue. Após receber o email, ele deve cadastrar corretamente seus dados bancários. Estamos na reta final de pagamento e qualquer erro nesse cadastro de dados bancários pode fazer com que o trabalhador não receba o seu recurso. Então, fica a nossa convocação e o nosso chamado”, explica Jaqueline.

A assessora especial informa que o chamado já está publicado no site da secretaria. Nós disponibilizamos uma lista, se o nome do trabalhador constar nessa lista, ele está apto na lei para o recebimento do recurso. Ele precisa enviar um e-mail para dadoscadastraisrenda.lab@cultura.ba.gov.br e informar um e-mail válido para que a correspondência chegue até ele”.

Jaqueline destaca que a convocação é para quem já foi avaliado, aprovado e está apto a receber os recursos. “Existem hoje 780 aptos que não cadastraram dados. Felizmente nós já temos 2032 aptos que cadastraram dados bancários e já foram encaminhados para pagamento. Nesse momento, nós temos mais ou menos 1.800 pessoas que já foram pagas”. As pessoas que não obtiveram resposta devem mandar um email para avaliacaocadastral.lab@cultura.ba.gov.br. “Isso é um outro tratamento, mas mais grave são os aptos que não receberam email por alguma incongruência, ou porque digitaram seu email errado, ou porque o email caiu na caixa de Spam. É a essas  pessoas que estamos fazendo a chamada”.

Problemas mais comuns

Segundo Jaqueline, o principal problema recorrente no cadastro de dados bancários, que está ocasionando o estorno do benefício, é a falta do dígito de agência. “O trabalhador não vê o dígito no cartão do banco, mas todas as agências do País têm dígito. O trabalhador precisa se informar junto ao atendimento telefônico do banco, qual o dígito da sua agência”. Outro problema é o tipo de conta cadastrada. “As contas fácil, universitária e salário têm limites para recebimentos ou depósitos. Então, os trabalhadores  devem fazer um upgrade da sua conta para conta corrente, ou fazer uma outra conta bancária e nos fornecer os dados. Esses têm sido os principais motivos de estorno”.

Foto: Paula Fróes/GOVBA

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial