BTCA e OSBA encerram programação do “Voltando aos Palcos”



Em dois meses e meio, o Balé Teatro Castro Alves (BTCA) e a Orquestra Sinfônica da Bahia (OSBA), viveram uma maratona inventiva conjunta: criar e estrear quinzenalmente espetáculos inéditos para o “Voltando aos Palcos”. A sexta e última montagem deste desafio que tem gerado obras diversificadas e aplaudidas em meio digital – somando quase 6 mil visualizações até o momento – é intitulada “Umbigo”, tematizando a maternidade, e será exibida ao vivo no dia 11 de dezembro, às 20h, fechando a programação deste projeto que marcou a retomada de uso dos palcos do Teatro Castro Alves (TCA), em sessões feitas diretamente da sua Sala do Coro. O público pode assistir pelo canal de YouTube do TCA (www.youtube.com/teatrocastroalvesoficial) ou na TVE Bahia.

“Umbigo”, com criação de Wanderley Meira e Rosa Barreto e assistência de coreografia de Ticiana Garrido, é uma investigação sobre o corpo feminino que é passagem para a vida e, por esse motivo, cheio de mitos, mistérios e conceitos sociais, religiosos e culturais. Uma reflexão sobre como a maternidade pode aprisionar o corpo da mulher em um cordão umbilical sem fim, usurpando dela um poder que deveria ser inalienável. No elenco, estão os bailarinos intérpretes Cristian Rebouças, Joely Pereira, Maria Ângela Tochilovsky, Marcos Napoleão, Lila Martins e Rosa Barreto. Sob a perspectiva musical, a spalla e violinista da OSBA Priscila Plata Rato interpreta a “Partita para Violino nº 2, em Ré menor BWV 1004”, de J. S. Bach, que conduz por um mundo denso e taciturno, gerando o ambiente propício para reflexões tão importantes. O cantor Marcelo Jardim faz participação especial.

Na pílula cênica de abertura do programa do dia, Agnaldo Fonseca interpreta, na bilheteria, a relação do artista com o pagamento pelo seu trabalho. A venda de ingressos é mote para reflexão sobre o valor simbólico da arte e o custo real de manter um artista em cena, como um trabalhador qualquer em seu posto de serviço.
BTCA e OSBA no “Voltando aos Palcos” – O BTCA e a OSBA têm se conectado fortemente para promover colaborações artísticas em parceria, numa proposta anual de realizações. Em 2019, esse encontro originou o espetáculo “A História do Soldado”. Agora, o conjunto de seis criações inéditas estreadas quinzenalmente no “Voltando aos Palcos” são a entrega expressiva dentro das contingências atuais: uma maneira de continuar oferecendo ao público espetáculos que destacam a dança e a música, assinados pelas companhias artísticas oficiais da Bahia. O TCA, enquanto equipamento cultural público, corresponde, assim, ao seu compromisso de manter seus corpos ativos, em um formato inovador, buscando constantemente soluções técnicas, poéticas, analógicas e digitais para promover cultura neste momento.

A estreia ocorreu no dia 2 de outubro com “Entre a minha mão e a sua há mais que um abraço”; depois, veio o especial de Dia das Crianças, no dia 16 de outubro, com “Cria”; uma homenagem aos griôs tropicalistas foi encenado no dia 30 daquele mês, em “Pés a Pés”; “Des faces”, em 13 de novembro, tratou dos disfarces humanos; e “Atravessar”, sobre amor e presença, foi apresentado no dia 27, até agora chegar a “Umbigo”, no dia 11 de dezembro.

 
“Voltando aos Palcos” apresenta:
Balé Teatro Castro Alves e Orquestra Sinfônica da Bahia
Em: “Umbigo”
BTCA:  
Criação: Wanderley Meira e Rosa Barreto  
Assistente de coreografia: Ticiana Garrido  
Bailarinos intérpretes: Cristian Rebouças, Joely Pereira, Maria Ângela Tochilovsky, Marcos Napoleão, Lila Martins e Rosa Barreto
OSBA: Priscila Plata Rato (violino)
Participação especial: Marcelo Jardim
Trilha sonora:
J. S. BACH – Partita para Violino nº 2 em Ré menor, BWV 1004
V. Chaconne
 
Pílula cênica de abertura
BTCA: Criação e interpretação: Agnaldo Fonseca
OSBA: Priscila Plata Rato (violino)
Trilha sonora:
J. S. BACH – Sonata para violino solo, BWV 565 (Atribuída a Bach)
 
Quando: 11 de dezembro de 2020 (sexta-feira), 20h
Onde: Transmissão ao vivo a partir da Sala do Coro do Teatro Castro Alves (TCA)
Canal no YouTube do Teatro Castro Alves: www.youtube.com/teatrocastroalvesoficial
 Foto Wanderley Meira
Em pequenas formações de bailarinos e músicos, BTCA e OSBA tomam como inspiração artística para esta série questões humanas que se acentuam no momento atual: a proposta é que cada montagem faça refletir sobre os desafios de hoje, mas sem limitação a este tempo, como crônicas não datadas. Os diretores artísticos das companhias estão diretamente envolvidos: Wanderley Meira, do BTCA, responde pela Direção Geral, e o maestro Carlos Prazeres, da OSBA, pela Direção Musical.
Sobre o “Voltando aos Palcos” – É na Sala do Coro que o Complexo do TCA dá seu primeiro passo na retomada do uso de seus palcos. No projeto “Voltando aos Palcos”, Lazzo Matumbi, Jarbas Bittencourt, Leo Cavalcanti, Majur, Marcia Castro e Nara Couto fizeram shows exclusivos e os dois corpos artísticos do TCA – o Balé Teatro Castro Alves (BTCA) e a Orquestra Sinfônica da Bahia (OSBA) – apresentaram performances inéditas especialmente criadas para esta série, que tem transmissão ao vivo no canal de YouTube do TCA (www.youtube.com/teatrocastroalvesoficial), na TVE Bahia e, no caso dos shows, também na 107.5 Educadora FM Bahia, de 25 de setembro a 11 de dezembro, sempre às sextas-feiras. O “Voltando aos Palcos” se configura, assim, como uma etapa de transição nas práticas de distanciamento, sem a participação presencial do público, mas já reaquecendo os palcos do TCA. Para sua execução, são seguidos rígidos protocolos de segurança e saúde que evitam as transmissões da Covid-19, conforme estabelecidos pelos órgãos competentes. A curadoria dos shows, além de prezar pela qualidade artística e pelo fomento à cena musical baiana, observou formatos com número reduzido de participantes. Como resultado, o TCA oferece ao público acesso gratuito e virtual a uma programação qualificada, diversificada e com toda técnica de ponta típica das produções do Complexo.

Foto Wanderley Meira

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial