Bel Bonita expõe trabalho 'Memórias em lápis de cor: casinhas do Sertão'

 


A exposição online “Memórias em Lápis de Cor: casinhas do Sertão” do músico Bel da Bonita já está disponível nas redes do projeto Mostra da Diversidade Cultural: Imagens da Cultura Popular. Esta série de pinturas nasceu das memórias desse artista nos momentos de saudades e outras lembranças do tempo em que podia sair de casa sem a preocupação de ser contaminado pelo Coronavírus.

As pinturas traduzem também um pouco da história de Bel da Bonita, este que teve a sua educação formal, no âmbito da arte, frustrada pela sua professora que o reprimiu quando não o aprovou nas suas atividades de decalcar desenhos aleatórios em sala de aula. Aos poucos, o artista tomou iniciativa e desenvolveu estas habilidades com o lápis de cor e 'folhas de ofício'. Sempre relacionando o ato de pintar/desenhar com as suas memórias, Bel busca se expressar e evocar estas memórias através das imagens.

Bel da Bonita é percussionista e idealizador do grupo Africania. Tem sido reconhecido pelos seus trabalhos como músico em Feira de Santana e região, com diversos discos gravados e com participação especial e dezenas de produções musicais. No âmbito do desenho, desenvolve esta atividade desde 2004, como uma maneira de expressar as saudades e outras lembranças de Feira de Santana, sempre usando a mesma técnica do lápis e papel comum.

Sem nunca ter feito oficialmente uma exposição, decidiu agora compartilhar essa sua habilidade e os seus sentimentos sobre esse momento que estamos passando "isoladamente", para isso, ele escolheu produzir uma série de pinturas que tivessem relação direta com Feira de Santana, essa cidade o acolheu desde a década de 1980. Desse modo, a essa exposição, além de difundir a potência artística de Feira de Santana, traduz o sentimento de um artista feirense ligado à música e à imagem, numa perspectiva bastante característica dessa cidade, onde os artistas são impulsionados a ter variadas formas de trabalhar

Este projeto foi patrocinado com recurso da Lei Federal de incentivo à cultura, através do Prêmio Cultura e Desenvolvimento Local, da Mostra da Diversidade Cultural Imagens da Cultura Popular, realizada pelo Favela é Isso Aí, Belgo Beckaert Arames, Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo e Governo Federal, Pátria Amada Brasil.

BAIXE AQUI


Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial