FUNCEB lança 8ª edição do Calendário das Artes e premiará 200 propostas virtuais


Em tempos de combate à Covid-19 e isolamento social em todo o país, as artes vivem um momento delicado, sem precedentes, com profissionais se reinventando para manter a Cultura ativa das mais variadas formas. Com o intuito de potencializar essas iniciativas, a Fundação Cultural do Estado (FUNCEB/SECULTBA) lança a 8ª edição do projeto Calendário das Artes, e vai premiar 200 propostas nos diversos territórios de identidade do estado que estimulem a produção, criação e fruição das artes através de plataformas virtuais. As inscrições são on-line e gratuitas no período de 13 de maio a 1º de junho de 2020.

Conheça AQUI o edital completo. 

O Calendário das Artes 2020, em sua 8ª edição, é voltado para artistas baianos integrantes de todos os territórios de identidade. O edital é um mecanismo de incentivo a projetos artístico-culturais de pequeno porte, podendo concorrer propostas inéditas nos seguintes segmentos: Artes Visuais, Audiovisual, Circo, Dança, Literatura, Música, Teatro e Artes Integradas (propostas que envolvem mais de uma destas áreas artísticas). A inscrição é gratuita e será feita por meio de preenchimento de formulário on-line. 

Acesse AQUI o formulário para inscrição gratuita.

Esta 8ª edição do Calendário das Artes se soma às demais iniciativas de políticas públicas no contexto de enfrentamento da Covid-19, atendendo a um dos princípios e objetivos orientadores da Política Estadual de Cultura que determina “a integração com as demais políticas públicas do Estado”.

Serão premiadas 28 propostas por Macroterritório da Bahia (6) – veja tabela aqui. De Salvador serão selecionadas 32 propostas. Ao total, 200 propostas serão selecionadas pela Fundação Cultural, disponibilizando recursos de R$ 500 mil em todo edital. Cada proposta será premiada no valor de R$ 2.500.

“O modelo desta premiação é um exemplo muito simbólico de estímulo à criação artística com a justa compreensão das diversidades territoriais. Com as restrições de circulação social, estes princípios tornam-se ainda mais importantes. A inscrição por Pessoa Física possibilita o alcance de um número maior de artistas e, mesmo as propostas individuais trarão em sua execução o envolvimento, tanto de profissionais da cena como das áreas técnicas. Vislumbramos neste cenário, alcançar, minimamente, 400 artistas na materialização das ideias premiadas”, mensura a diretora geral da FUNCEB, Renata Dias.

O resultado final da produção artística premiada será entregue no formato de conteúdo digital, registrados em vídeos que podem ser realizados com qualquer tipo de equipamento (celulares e/ou filmadoras). Os mesmos serão publicados nas plataformas virtuais institucionais da Funceb (Youtube, Redes Sociais), nas redes sociais da TVE, e em plataformas pessoais dos proponentes, de modo a ampliar a divulgação artística.

Nas sete edições do Calendário das Artes, a FUNCEB já disponibilizou mais de R$ 4 milhões para a execução de 317 projetos, contemplando todos os 27 Territórios de Identidade do estado.

SERVIÇO

O QUÊ? Edital da 8ª edição do Calendário das Artes 2020.
QUANDO? Inscrições gratuitas on-line, de 13 de maio a 1° de junho de 2020.
ONDE? Inscreva-se AQUI.
COMO? Premiação de 200 propostas em Artes Visuais, Audiovisual, Circo, Dança, Literatura, Música, Teatro e Artes Integradas.

Redação | ASCOM

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial