Representantes protocolam manifesto em apoio à classe artística de Feira de Santana

Com o apoio da Arquidiocese de Feira de Santana, UEFS/CUCA, CDL, SESC, OAB, Instituto Antônio Gasparini, Fórum Nacional de Forró de Raiz, e mais de 840 assinaturas digitais, o produtor cultural Toinho Campos, o diretor de teatro Geovane Mascarenhas e o cantor Tonho Dionorina protocolaram, na manhã desta quinta-feira (16), o manifesto #SOSFAZEDORESDECULTURA para apreciação do prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins Filho.

O documento expressa a solicitação de apoio da prefeitura a artistas de diversas modalidades que estão com as suas atividades profissionais paradas devido a pandemia do COVID-19, assim como técnicos de som, roadies, contrarregras etc. “Sendo o primeiro setor a suspender as suas atividades e, como decorrência natural, seremos os últimos a retomar as nossas atividades...” esse é um dos trechos do documento que argumenta a necessidade do apoio da Prefeitura para os profissionais da cultura.


O movimento em apoio aos artistas de Feira de Santana tem ocorrido também nas redes sociais e conta com os veículos de comunicação da cidade. Até a entrega do documento, além das instituições que expressaram através de cartas e declarações anexadas ao Manifesto, quase mil assinaturas digitais foram recolhidas. “A população de Feira de Santana reconhece a importância desses profissionais e tenho certeza que vamos contar com a sensibilidade do prefeito sobre essa questão”, finaliza Toinho Campos, um dos principais responsáveis pelo #SOSFAZEDORESDECULTURA.



Culturasss

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial