Encerramento da Mostra da Diversidade Cultural será apresentado em patrimônios da cidade de Feira de Santana


A inciativa integra o programa Belgo Bekaert Forma e Transforma, contempla grupos e artistas locais, destacando manifestações da cultura popular e memória local.

No dia 15 de março de 2020, de 09h até 17h, acontecerá o encerramento do projeto Mostra da Diversidade Cultural – Imagens da Cultura Popular, na Praça e no Casarão Fróes da Motta, patrimônios culturais de Feira de Santana. A programação, que é gratuita e aberta ao público, prevê apresentações dos artistas e grupos culturais que foram contemplados no Prêmio Cultura e Desenvolvimento Local, já em sua segunda edição.

A Mostra contará com apresentações resultantes das oficinas desenvolvidas por artistas e instituições apoiados pelo Prêmio, entre os quais Zé das Congas, Dionorina, Tambores Urbanos e Moviafro, além de shows da Quixabeira da Matinha, Filarmônica 25 de Março, Roda de capoeira, projeto Jam Na Cuca, dentre outras ações de caráter formativo, a exemplo da palestra sobre elaboração de projetos culturais e captação de recursos organizada pela Casa Azul.

A Mostra marca o encerramento do programa Belgo Bekaert Forma e Transforma, uma inciativa da Belgo Bekaert Arames, em parceria com a ONG Favela é Isso Aí, por meio da Secretaria Especial da Cultura do Ministério da Cidadania e Governo Federal e da Lei Federal de Incentivo à Cultura. Os parceiros e apoiadores locais são a UEFS e a Prefeitura Municipal de Feira de Santana.

O resultado da mostra final foi organizado em conjunto com todos os grupos e artistas feirenses selecionados no Prêmio Cultura e Desenvolvimento Local, edição 2019.

Para saber sobre a programação completa da mostra basta acessar a página do projeto em www.facebook.com/feiracultura/.


Sobre o Prêmio Cultura e Desenvolvimento Local

A segunda edição do Prêmio foi lançada em setembro de 2019 e contemplou 13 projetos feirenses, dentre os 34 que foram inscritos na época, com premiação em dinheiro e encontros formativos. Os projetos contemplados vêm desenvolvendo atividades desde novembro de 2019. O Prêmio integra o projeto Mostra da Diversidade Cultural – Imagens da Cultura Popular, é uma realização da ONG Favela é Isso Aí, Secretaria Especial da Cultura do Ministério da Cidadania e Governo Federal e Belgo Bekaert Arames, viabilizada por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura.

Sobre a Belgo Bekaert Arames

Com o objetivo de ser a principal empresa mundial em soluções de arame, a Belgo Bekaert Arames foi fundada em 1º. de março de 1997, resultado de uma joint venture entre o maior grupo siderúrgico do mundo, a ArcelorMittal S.A., e o maior produtor mundial de arames, a N.V. Bekaert.

Referência global na fabricação de aço, a ArcelorMittal está presente em 61 países, atendendo ao mercado siderúrgico com produtos de alta qualidade.
Líder no mercado de arames, a N.V. Bekaert Arames possui mais de 130 anos de atuação, com presença em mais de 120 países, sempre aliando sua tradição ao avanço tecnológico constante.

A Belgo Bekaert Arames é líder no mercado brasileiro de arames. Atualmente a empresa possui unidades em Contagem e Sabará, em Minas Gerais; Osasco e Sumaré, em São Paulo e Feira de Santana, na Bahia.

SERVIÇO:
O QUE? Mostra da Diversidade Cultural – Imagens da Cultura Popular (encerramento)
QUANDO? 15 de março de 2020
ONDE? Praça e Casarão Fróes da Motta
HORA? 09h até 17h
ACESSO? Gratuito


Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial