Atividades suspensas nos equipamentos da Fundação Egberto Costa


A confirmação de casos de contaminação pelo novo coronavírus em Feira de Santana (BA) levou a Comissão Executiva da Fundação Municipal Egberto Costa a suspender o funcionamento dos equipamentos da instituição durante o período de emergência decretado no município.

“As sugestões propostas por membros da Comissão foram apreciadas e aprovadas por unanimidade, e logo após encaminhadas ao prefeito Colbert Martins Filho que também acatou as sugestões e incluiu na edição extra do Decreto, publicado no Diário Oficial Eletrônico do município na última segunda (16)”, afirmou o diretor presidente Antônio Carlos Coelho.

Estão suspensas a realização de eventos, visitas diárias pré-agendadas e as sessões públicas realizadas aos domingos no planetário do Museu Parque do Saber Dival da Silva Pitombo. O Teatro Municipal Margarida Ribeiro, o Teatro Ângela Oliveira (Centro de Cultura Maestro Miro) também estão com suas atividades suspensas. 

O Projeto Arte de Viver, que tem aulas ministradas no Centro de Cultura Maestro Miro e em outros locais da cidade, também estão com as atividades suspensas. O Projeto atende, neste semestre, aproximadamente 5.000 alunos. Está suspensa a visitação do público à Biblioteca Municipal Arnold Silva, localizada na sede do município, à Biblioteca Municipal Manuel Pereira (distrito de Humildes) e à Biblioteca Municipal Raquel Freitas (distrito de Maria Quitéria). O Museu de Arte Contemporânea Raimundo de Oliveira também está com atividades suspensas, bem como as exposições com visitas do público.

As inscrições online para o Festival Vozes da Terra, o Festival Gospel e o projeto Teatro Vai aos Bairros estão mantidas até o momento. Festivais Gospel e Vozes da Terra seguem com inscrições até o dia  22 de abril. Um novo cronograma para as demais fases será divulgado em breve. 

A suspensão das atividades externas ou voltadas ao público em todos os equipamentos supracitados tem duração de 15 dias, a partir da última quarta (18). A data prevista para o retorno das atividades voltadas ao público é dia 02 de abril, com possibilidade de prorrogação. A administração dos equipamentos e também da Fundação Egberto Costa permanecem com as atividades internas em funcionamento. A sede da Fundação funciona setores administrativos com rodízio de funcionários e estagiários. 

A Fundação Egberto Costa reitera sua função principal de fomentar as atividades culturais na cidade de Feira de Santana, através da prefeitura municipal. Mas, destaca que situações como a enfrentada atualmente diante de uma pandemia, exigem esforços emergenciais em prol da saúde coletiva.

Redação | ASCOM

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial