Orquestra de Mambo contagia público na última noite do Natal Encantado



Balançando os ombros ou ensaiando passos, o público que foi a praça Padre Ovídio na última noite do Natal Encantado 2019, nesta sexta-feira, 20, se rendeu ao ritmo da Orquestra de Mambo do Recôncavo. O grupo cachoeirano, formado há sete anos, se apresentou pela terceira vez no evento.
A orquestra toca mambo e também bolero, dois gêneros musicais pouco conhecidos para o público mais jovem, mas que encantaram e fizeram a plateia dançar. O gênero surgiu nos anos 40, em Cuba.

A Orquestra de Mambo do Recôncavo é composta por 16 membros que tocam todos os instrumentos típicos deste estilo musical: conga, cencerro, bongo, timbales, claves, contrabaixo, piano, trombone, trompete, saxofone. A regência é do maestro Jairo dos Santos.

"É um ritmo muito contagiante, que as vezes lembra até a lambada, que é uma paixão dos baianos", destaca o músico Paulo Bindá. Para a comerciária Jadna Mendes, que compareceu aos shows na Praça Padre Ovídio todos os cinco dias, a Orquestra de Mambo foi a atração de ritmo mais marcante. "Estou impressionada como um orquestra pode nos proporcionar um ritmo tão contagiante". 




Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial