Margareth Menezes lança novo álbum patrocinado pelo Fazcultura em noite de celebração

“Autêntica” é a palavra para definir Margareth Menezes, que assim vem se mostrando ao longo de seus mais de trinta anos de carreira. Não por acaso, é também a palavra escolhida para batizar o novo álbum da cantora, que foi lançado nesta sexta-feira, 1º dia de Novembro Negro. O disco tem patrocínio do Natura Musical e do Governo do Estado da Bahia, através do Fazcultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura.

Onze anos separam o lançamento de “Autêntica” do disco anterior de Maga, como a cantora é carinhosamente conhecida entre os seus fãs espalhados pela Bahia e por todo o Brasil e o mundo. O cenário para o show de lançamento não poderia ser outro: o Mercado Iaô, na orla da Ribeira, local que a rainha do Afropop Brasileiro adotou como sua casa, ressignificando o espaço com uma diversidade de projetos culturais.

Já era de se esperar muita celebração e emoção ao longo da noite. A cantora se entregou de corpo e alma para a interpretação de faixas inéditas como “Paraguassu”, presente de Gilberto Gil, “Mãe Preta” de Luedji Luna e Ravi Ladin, “Querera”, parceria com Nabiyah Be, filha de Jimmy Cliff, “Por Nós”, de autoria de Jorge Vercillo, “Perfume de Verão”, de Carlinhos Brown e André Lima, e “Minha Diva, Minha Mãe”, tocante homenagem de Margareth à sua mãe Diva, falecida em 2018.

“Autêntica traz um repertório com a alma feminina, mas dentro desse ambiente que vivemos hoje, essa necessidade da mulher tomar posse da sua fala e ser descrita por ela própria. Ser a própria gestora de suas ideias”, afirma Margareth.

Neste novo trabalho, Margareth consolida ainda mais o conceito Afropop que direciona a sua carreira, ao mesmo tempo em que desconstrói a imagem da rainha do carnaval, dando sua marca autoral e mais MPB. O repertório autoral do novo disco é mesclado com canções da nova geração da música baiana como BaianaSystem e Majur.

“Com sua voz inconfundível, Margareth Menezes nos presenteia em Autêntica com mais um conjunto de canções inspiradas que mostram sua versatilidade como cantora e compositora. O show de lançamento do disco só confirma o talento e o compromisso da artista com a exaltação da negritude e da cultura afro-brasileira. É uma satisfação apoiar, por meio do Fazcultura, um trabalho com esse nível de excelência e relevância artística”, declara Alexandre Simões, superintendente de Promoção Cultural da SecultBA.

Ainda como parte do lançamento, a cantora reapresenta o show “Autêntica” no próximo dia 09 de novembro, no Auditório Ibirapuera, em São Paulo. O álbum já está disponível em todas as plataformas digitais.

FAZCULTURA – Parceria entre a SecultBA e a Secretaria da Fazenda (Sefaz), o mecanismo integra o Sistema Estadual de Fomento à Cultura, composto também pelo Fundo de Cultura da Bahia (FCBA). O objetivo é promover ações de patrocínio cultural por meio de renúncia fiscal, contribuindo para estimular o desenvolvimento cultural da Bahia, ao tempo em que possibilita às empresas patrocinadoras associar sua imagem diretamente às ações culturais que considerem mais adequadas, levando em consideração que esse tipo de patrocínio conta atualmente com um expressivo apoio da opinião pública.

Secult BA
Foto: Lucas Rosário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial