Feira Noise reforça importância para a consolidação da cena independente local



O Feira Noise Festival teve início nesta sexta-feira e segue até domingo (24), no Aria Hall, em Feira de Santana (BA). Mais de 30 atrações, sendo 13 delas de Feira de Santana, passarão pelo palco do Festival que comemora uma década de existência e reforça a importância para a consolidação da cena da música independente local. Nesta sexta-feira, nomes como Babi Jaque e Lasserre, O Grilo, Isa Roth e Clube de Patifes fizeram parte do primeiro dia do evento. Confira a programação completa e confira tanto as outras bandas já tocaram e as que estarão nestes próximos dias. Acesse também o instagram/feiranoisefestival e veja fotos do evento.

Sobre a participação dos artistas de Feira de Santana

O produtor Joilson Santos afirma que não faria sentido realizar um festival sem os artistas da cidade. “Essa coisa de ter um formato de festival de música independente espelhado em outros festivais que acontecem no Brasil, a lógica é não só da gente ter nomes que não viriam de uma outra forma para a cidade, mas também amplificar a voz dos artistas daqui”, explica.

Em todas as edições, o festival buscou inserir os artistas e bandas de Feira de Santana que dialogam com o formato, priorizando as produções autorais. “Essa relação que temos de vários anos flui com muita tranquilidade. Quando a gente pensa na programação do Feira Noise, a gente não consegue ignorar nomes que são bem atuantes na cidade e nomes que não são do nosso circuito, mas que a gente sabe que tá produzindo um material interessante”, afirma o produtor que é também um dos idealizadores do evento.

O músico Pablues, que se apresenta no Palco Banana Atômica em dois momentos (na sexta- feira, 22, com a Clube de Patifes e no sábado, 23, com o projeto Casapronta), chama a atenção para as dificuldades de incentivo por meio de políticas públicas. “Se apresentar no Feira Noise é estar atrelado a uma simbologia rica em resistência. Estamos aqui, firmes, fortes e juntos.

Poder fazer parte dessa construção coletiva, com um outro olhar sobre a arte e cultura em Feira de Santana, é dar um tapa com luva de pelica na cara dos caretas”, destaca.
A banda Sons de Mercúrio retorna à programação do festival, depois da estreia em 2018. “O Feira Noise hoje é sem dúvidas um dos festivais independentes mais representativos do Brasil. A Sons de Mercúrio foi recebida de braços abertos em 2018, quando ainda finalizávamos nosso disco de estreia. Foi muito importante essa participação pois nosso grupo passou a existir de fato na cena musical baiana após aquele show. Este ano voltamos para consolidar nosso trabalho e nos qualificar para alçar voos ainda maiores, dentro e fora do estado”, conta o vocalista Mohzah Nascimento. A banda estará no Palco Budweiser no domingo, 24.

Para a estreante JULI, o evento representa um grande passo para sua carreira. “Todos os trabalhos que eu estou lançando desde o início deste ano foi também visando estar no Feira Noise, que é o maior evento deste segmento em Feira de Santana. Eu sou feirense e tenho o maior amor e carinho pelo festival há muito tempo. Eu sinto que o festival é o primeiro grande passo de vários grandes passos que eu posso dar”, conta a cantora que se apresenta no domingo, 24, no Palco Banana Atômica.

Os passaportes e ingressos antecipados estão à venda e podem ser adquiridos no site Sympla.

SERVIÇO
Feira Noise Festival – 10 anos | Aria Hall (FSA)
Data: 22, 23 e 24 de novembro
Horário: 19h
Local: Av. Pres. Dutra, 1226 – Centro, Feira de Santana (BA)
Ingressos: https://www.sympla.com.br/feira-noise-festival—10-anos__643180

Vagalume Press




Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial