Funceb esteve presente na abertura das comemorações pelos 30 anos do Bando de Teatro Olodum

A Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb/SecultBa) esteve presente no lançamento das comemorações em homenagem aos 30 anos do Bando de Teatro Olodum, no Teatro Vila Velha, em Salvador.

A diretora geral da Funceb, Renata Dias, representou a secretária de Cultura do Estado, Arany Santana.

 “Ver o Bando resistindo através da arte é ressaltar o legado que foi pensado e concebido a partir das experiências do grupo, que se transformou também em políticas públicas. Essa gênese que pode ser representada pela relação que se constitui há 29 anos, pautada na representatividade e no lugar de fala”, comentou Renata Dias.

 O documentário que conta a história dos 25 anos do Bando de Teatro Olodum,  foi exibido no Teatro Vila Velha. O filme tem direção do apresentador, cineasta e escritor Lázaro Ramos e conta com mais de 40 entrevistas com pessoas que fizeram e fazem parte da história do grupo, entre elas atores, diretores e convidados.

  “O documentário é um presente de aniversário para o Bando. Para o público é uma oportunidade de conhecer o processo interno do grupo”, comenta  a atriz do Bando de Teatro Olodum, Cássia Vale.

30 anos do Bando - Para celebrar as três décadas de arte negra, o Bando de Teatro Olodum realiza ações de 17 de outubro a 10 de novembro, no Teatro Vila Velha e na Sala do Coro do Teatro Castro Alves.

 A programação inclui a remontagem de espetáculos de sucesso, como Ó Paí, Ó; Áfricas; e Cabaré da Rrrrraça, além de oficinas de performance, exibição de documentário, lançamento de catálogo com a história do grupo e o Festival de Arte Negra A Cena Tá Preta.

Foto: Bia Imperial
Ascom - Funceb

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial