Almério apresenta 'Desempena ao vivo' na CAIXA Cultural Salvador

Assumidamente nordestino em sotaque, performance e força, o pernambucano Almério desembarca em Salvador para três apresentações na CAIXA Cultural Salvador.Na eminência do lançamento do seu primeiro DVD e CD ao vivo, que será lançado em novembro pela gravadora Biscoito Fino,o cantor traz para capital baianao show intitulado “Desempena Vivo” nos dias 1º, 2 e 3 de novembro. No show de sábado (2), haverá tradução de libras. Os ingressos serão vendidos na bilheteria da CAIXA Cultural Salvador (Rua Carlos Gomes, 57, Centro), a partir das 9h do dia da primeira apresentação por R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia).

Com uma carreira crescente, Almériocomeçou cantando em bares de Caruaru e atuando em peças teatrais da cidade. O teatro contribuiu para seu perfil de artista performático,contribuindo para sua autenticidade nos palcos. Hoje ele é nome de destaque de uma efervescente nova cena musical pernambucana, ao lado de intérpretes e compositores como Juliano Holanda, Martins, Flaira Ferro, Isabela Moraes, Igor de Carvalho, entre outros.

Desde que o disco DESEMPENA foi lançado pelo edital Natura Musical, Almério tem circulado pelo Brasil e exterior, participando de festivais importantes,  entre eles o Rock in Rio 2017 e 2019, Mimo Amarante, RecBeat, Porto Musical, Sai da Rede (edições de Brasília, Rio, SP e BH), Ecléticos Livre Festival (Fortaleza), Coliseu de Lisboa e do Porto, ente outros. Em 2018,  venceu o Prêmio da Música Brasileira como cantor revelação e concorreu na categoria Melhor cantor POP com Lulu Santos e Chico César.



A relação de Almério com a Bahia é estreita e traz na conta a sua participação como ator-cantor na temporada em São Paulo do musical Gabriela – de João Falcão, em 2016, incluindo o carinho com que é recebido pelos fãs baianos a cada apresentação. A sintonia musical entre Pernambuco e Bahia também pode ser vista no disco recém-lançado “Acaso Casa” em parceria com a cantoraMariene de Castro.

Incentivo à cultura:

A CAIXA valoriza amplamente a cultura nacional como ferramenta de inclusão social e reforço do orgulho de ser brasileiro. Nos últimos cinco anos, os espaços culturais da CAIXA contaram com mais de R$ 385 milhões distribuídos em Brasília, Curitiba, Recife, Fortaleza, Salvador, São Paulo e Rio de Janeiro.

A CAIXA Cultural Salvador foi inaugurada em 1999 e se situa em prédio datado do século XVII. O espaço já abrigou diversas organizações, como a Casa de Orações dos Jesuítas, e nele já trabalharam personalidades como Glauber Rocha e Lina Bo Bardi. Após ser tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional e restaurada pela CAIXA, a Casa hoje oferece ao público duas galerias de arte, um anfiteatro, um salão para espetáculos, uma sala para eventos e uma sala de oficinas.

I SERVIÇO I

Almério - Desempena

Local: Caixa Cultural Salvador (Rua Carlos Gomes, 57, Centro)
Data: 1º a 03 de novembro de 2019 (sexta-feira a domingo)
Horário:  Sexta e Sábado, às 20h, e Domingo, às 19h
Informações: (71) 3421-4200
Ingressos: R$ 30,00 e R$ 15,00 (meiaentrada para estudantes, professores, funcionários e clientes CAIXA e pessoas acima de 60 anos).

Bilheteria: venda de ingressos iniciada às 9h da sexta-feira (1º), para todos os espetáculos

Duração: 1h10
Classificação: Livre
Capacidade: 80 lugares
Patrocínio: CAIXA e Governo Federal


Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial