'Cinemateca da Bahia em Cartaz' exibe filmes restaurados na Sala Walter da Silveira

Principal espaço de difusão da recém implantada Cinemateca da Bahia, a Sala Walter da Silveira acolhe, de 4 a 10 de abril, uma mostra de obras restauradas e filmes beneficiados por programas de preservação audiovisual de instituições brasileiras e internacionais. 

Com sessões gratuitas sempre às 15h, o evento celebra ainda a parceria da Fundação Cultural do Estado Bahia, vinculada a SecultBa, através da sua Diretoria de Audiovisual (DIMAS), com outros acervos e organismos culturais, como a Cinemateca da Embaixada da França no Rio de Janeiro; Cinemateca Brasileira e Cinemateca do Museu de Arte Moderna (MAM/RJ).

A ideia é reforçar a importância da memória audiovisual e da conscientização preservacionista. E para tal nada melhor do que promover uma ampla circulação de conteúdos históricos que resistiram ao tempo por meio de projetos de restauro e ações de resgate.

No ciclo, o público de Salvador vai ter a oportunidade de rever ou descobrir desde curtas-metragens clássicos de Alexandre Robatto (a exemplo de “Vadiação”, “Entre o Mar e o Tendal” e “Xaréu”) até filmes do cinema marginal dos anos 1960, caso da produção baiana “Caveira My Friend”, de Álvaro Guimarães. Também constam na programação outras obras produzidas no Estado, ainda no século passado, como “Nós, por exemplo” e “O Alquimista do Som”, de José Walter Lima; e “Tocaia do Asfalto”, do pioneiro do cinema baiano Roberto Pires.

HOMENAGENS

A partir de acervos de instituições parceiras da DIMAS, notadamente as Cinematecas Francesa, Brasileira e do MAM/RJ; a mostra aproveita o caráter memorialista da iniciativa para homenagear os cineastas Domingos de Oliveira e Agnès Varda – ambos recentemente falecidos.

Do cineasta carioca, a atração é o seu filme mais conhecido, “Todas as Mulheres do Mundo”, com Leila Diniz e Paulo José. Já o tributo prestado à francesa Agnès Varda destaca dois documentários menos difundidos no Brasil: os afetuosos retratos audiovisuais sobre o cineasta e seu marido, “O Universo de Jacques Demy”; além de “Jane B. por Agnès V.,no qual enquadra a atriz e cantora Jane Birkin.

SERVIÇO:

Mostra “Cinemateca da Bahia em Cartaz”
Quando: de 4 a 10 de abril, com sessões sempre às 15h. 
Onde: Sala Walter da Silveira – Rua General Labatut nº 27 – Subsolo da Biblioteca Pública dos Barris (Fone: 3116-8124)
Apoio: Cinemateca da Embaixada da França no Rio de Janeiro, Cinemateca Brasileira e Cinemateca do MAM-RJ.
Entrada gratuita.

SECULT-BA
Foto: Rosilda Cruz

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial